Qual o uso correto de GRAB de uma perna?

As cintas tipo GRAB (ou linga) foram projetadas para trabalhar na forma de elevação Vertical. Isto significa que as cintas planas ou tubulares do tipo GRAB não devem ser utilizadas na forma Cesto (envolver a carga) ou Enforcada (enlaçar a carga).

O conceito de uma linga (ou cinta tipo “GRAB”) são cintas e componentes conectados para formar uma só peça/acessório de elevação – não confundir com o conceito de conjunto ou combinação de cintas. No exemplo da ilustração abaixo, temos lingas de 1 perna trabalhando em conjunto/combinação.

Estas lingas podem ser de material têxtil, cabos de aço ou de correntes, conforme fotografia abaixo com lingas de 2 pernas (elevação vertical):

Esta diferença de uma GRAB para outros modelos de cinta como ANEL ou SLING pode também ser facilmente identificada com o conteúdo das etiquetas de identificação. Nas imagens abaixo, temos etiqueta de cintas tipo GRAB de 1 e 2 pernas (duas de acima) e etiqueta de cinta com olhais padrão, tipo SLING (abaixo):

Porém visualmente pode surgir a dúvida em cintas tipo GRAB de uma perna. É uma cinta que aparentemente pode dar a entender que pode ser utilizada na forma cesto ou enforcada. É aí que mora o perigo!

Como esta cinta foi projetada para trabalho em elevação vertical, alguns problemas podem ocorrer tanto referente ao equilíbrio da carga quanto até diretamente na capacidade efetiva de elevação. Veja abaixo na ilustração a correta vs incorreta forma de uso da cinta GRAB de 1 perna em Cesto:

Por isso, caso haja uma necessidade específica de uso de cinta GRAB em Cesto, consulte o nosso Departamento Técnico para uma avaliação e revisão da linha, para que seja provida uma solução devidamente adequada à sua operação.