Nota de esclarecimento sobre a J&L do Brasil

Com a proposta de atender à demanda por cintas têxteis de maior competitividade de preços no mercado nacional, a Tecnotextil fundou em 2010 uma outra indústria fabricante de cintas sintéticas para movimentação de cargas: a Juli Sling do Brasil Ltda., localizada em Linhares/ES nas proximidades da BR 101 no bairro Rio Quartel.

O principal objetivo de criar esta empresa foi poder ofertar a mesma qualidade de sempre – cintas têxteis que entregam o que prometem – com menores custos de fabricação, principalmente pela padronização e produção em série.

A Juli Sling do Brasil é administrada pela Tecnotextil e utiliza os mesmos padrões de qualidade: matéria-prima, métodos de fabricação e rastreabilidade, sendo, portanto, uma marca 100% confiável e de qualidade assegurada.

O que diferencia as duas empresas e justifica as diferenças de preços é o aproveitamento de diversos custos fixos e o modelo de produção adotado.

Custos fixos

Na Juli Sling do Brasil não há gastos com a elaboração de processos de fabricação, desenvolvimento de projetos, validação (utiliza o Laboratório da TT), sistema informatizado (rede, sistemas ERP, telecom), gestão da qualidade, treinamentos, suporte ao cliente e tantos outros.

Todo suporte é centralizado na ‘empresa mãe’: tudo que é desenvolvido na Tecnotextil é consequentemente reutilizado e aproveitado para a Juli Sling do Brasil.

O modelo de produção

Reside aqui o principal ganho que permite efetivamente ofertar as cintas com custo muito abaixo da Tecnotextil: a produção em série!

Com a produção de grandes volumes, obtém-se também ganhos de produtividade.

Na Tecnotextil as cintas são confeccionadas sob encomenda, de forma personalizada e exclusiva para atender a necessidade de cada cliente. Trata-se da produção sob encomenda, onde cada pedido de compra recebido do cliente irá gerar um lote de produção, uma Ordem de Fabricação.

O que é vantajoso por um lado pois possibilita a inclusão de proteções, comprimentos, tipos de olhal e acessórios totalmente personalizáveis, por outro acarreta em maior custo e prazo de entrega.

Na Juli Sling do Brasil, a fabricação das cintas é realizada em série: produção para estoque, para posteriormente ser efetuada a comercialização. A OF de produção não terá o mesmo “pedido de venda” como na Tecnotextil e isto vai se refletir no certificado e etiqueta: você poderá estar adquirindo 50 peças de um lote de 500 unidades, por exemplo.

O que por um lado é vantajoso (menores preços e prazos de entrega), por outro limita a aquisição dos produtos a medidas padronizadas, com larguras e comprimentos pré-definidos e sem possibilidades de proteções e outras customizações que são normais nos produtos da Tecnotextil/Levtec.

Este é o principal fator que gera um menor custo de fabricação, comparado à Tecnotextil: padronização e produtividade.

Então a cinta J&L do Brasil é a versão de ‘segunda linha’ da Tecnotextil?

NÃO! Pode-se ter esta impressão completamente equivocada, mas fica o esclarecimento: as cintas Juli Sling do Brasil são idênticas às da Tecnotextil/Levtec!

Uma vez que a Tecnotextil já é referência no mercado pelo alto grau de qualidade e confiabilidade de seus produtos e processos, fez questão de adotar o mesmo rigor em tudo o que diz respeito à marca Juli Sling do Brasil.

Seu menor custo se dá pelas explicações acima, em especial pelo modelo diferenciado de produção (em série vs produção sob demanda) mas não se trata de um “produto de baixa performance” ou algo do tipo.

A Tecnotextil jamais tomaria este tipo de decisão, pois iria contra todos fundamentos declarados em sua Política da Qualidade.

* * *

Esperamos ter esclarecido as dúvidas sobre a ligação entre as duas empresas e nos colocamos à disposição para quaisquer perguntas que não tenham sido respondidas.


Ícone seperador de posts da Tecnotextil - Cintas para Movimentação de Cargas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *